13 novembro 2013

Resenha: Easy - Tammara Webber

Easy
Autor: Tammara Webber
Editora: Verus
Páginas: 308

"Quando Jacqueline segue seu namorado para a faculdade de escolha dele, a última coisa que espera é um rompimento logo no segundo mês do segundo ano. Depois de duas semanas em estado de choque, ela acorda para uma nova realidade: ela está solteira, frequentando a universidade estadual ao invés de um Conservatório Musical, vem sendo ignorada pelo antigo círculo de amizades e está prestes a reprovar em uma matéria pela primeira vez na vida.
Saindo sozinha de uma festa, Jacqueline é atacada por um irmão de fraternidade de seu ex. Salva por um estranho que parece estar no lugar certo na hora certa, ela só quer esquecer a tentativa de estupro e aquela noite, mas seu salvador, Lucas, se senta na fileira de trás de sua turma de Economia, desenhando em seu caderno e encarando-a.  Sua amigas dizem que ele é o perfeito revide. Quando o cara que a atacou começa a perseguí-la,
Jacqueline só pode escolher entre se entregar ou lutar. Lucas continua a protegê-la, mas ele também está escondendo segredos. De repente manter a aparência é tudo e saber em quem confiar não está fácil."


Sei que julgar um livro pela capa não é legal, mas foi amando a capa que me deparei com uma das melhores histórias que li esse ano.
Easy é uma das minhas surpresas no gênero New Adult. Como não amar Lucas, mesmo com todos os seus mistérios? E Jaqueline, que não é aquela mocinha frágil dos livros de romances.
Para quem leu "Belo Desastre", pode até encontrar umas semelhanças na história uma hora ou outra, mas o tema é geral é muito bem abordado. Easy fala aborda a questão do abuso sexual, ou sendo mais direita, o estupro.
A história começa quando Jaqueline, que tinha decido ir para a mesma Universidade do namorado, Kennedy, é abandonada pelo mesmo, com o pretexto de que ele precisava "conhecer" outras pessoas. Nessa reviravolta toda na vida de Jaqueline, certa noite, saindo de uma festa, um dos amigos do ex-namorado a ataca no estacionamento, e eis que o salvador Lucas aparece para salvá-la.
A partir daí ela começa a vê-lo em todos os lugares, e a história dos dois começa a se desenrolar e eles vão se envolvendo.
É nesse momento, após começar a superar o pé na bunda do namorado, que Jaqueline, quase sendo reprovada, conversa com seu professor e é indicada a um tutor, Landon. Eles começam a trocar e-mails, e vão se aproximando aos poucos, mesmo sem nunca terem se visto.
Fora os personagens principais, contamos com outros que dão o suporte necessário para que a história se desenvolva, e como em toda "trama Universitária" que se preze, temos a melhor amiga da protagonista: Erin, que cria uma plano para que Jaqueline cure sua decepção amorosa ficando com o primeiro bad boy que encontrasse, e sugere justamente Lucas.
Achei todos os personagens muito bem estruturados, com uma história que nos faz entender como eles chegaram ao ponto em que estão atualmente. Talvez o livro fosse melhor (o que eu acho difícil) se fosse menos previsível. Antes das revelações, eu já vinha sacando o que aconteceria a seguir.
Amei todos os momentos do livro, não achei nenhum em que pensasse em desistir da leitura ou algo do tipo. É um livro que realmente te prende, e o desfecho é perfeito.
E ai, o que acharam?


Beijos ;*

11 novembro 2013

Resenha: Desastre Iminente - Jamie McGuire

Desastre Iminente
Jamie McGuire
Editora Verus
Páginas: 420


"Travis perdeu a mãe muito cedo, mas, antes de morrer, ela lhe ensinou duas regras de vida - ame muito, lute mais ainda. Tendo crescido em uma família de homens que gostam de jogos e lutas, Travis Maddox é um cara durão. Musculoso e tatuado, bad boy até o último fio de cabelo, ele leva uma mulher diferente para casa a cada noite. Até conhecer Abby Abernathy. Determinada a se manter longe de problemas, Abby resiste com todas as forças ao charme de Travis, sem saber que assim só o deixa mais determinado a conquistá-la. Será que o invencível Travis 'Cachorro Louco' Maddox vai ser derrotado por uma garota?"





Por onde começar essa resenha?
Ainda estou curtindo uma ressaca literária daquelas... Não é de um dia pro outro que se consegue esquecer um personagem como Travis Maddox, certo?!

A história contada em Desastre Iminente, é praticamente a mesma contada em Belo Desastre, porém, na primeira versão conhecemos todos os acontecimentos pelo ponto de vista de Abby Abernathy, uma garota meiga, mas que esconde muita coisa por trás do seu jeito de ser. Já na segunda versão, somos apresentados à visão do gatíssimos Travis Maddox.
Chega de enrolação e vamos lá né?!

Bem, Travis perdeu sua mãe muito pequeno, e antes de morrer ela lhe fez um pedido: Que ele lutasse e nunca desistisse da mulher que escolhera para amar. Ele então decide encontrar a sua "Beija-Flor".
Já na universidade, Travis se mostra um cara encrenqueiro, que não liga para a opinião alheia, a cada dia sai com uma garota diferente, e ganha a vida em lutas ilegais. Agora imaginem a imagem da perdição: Alto, moreno, tatuado, musculoso... UAU!
E é em uma dessas lutas que Travis conhece Abby. Abby é a melhor amiga de América, que por sua vez é namorada de Shepley, primo/melhor amigo/empresário de Travis "Cachorro Louco" Maddox. Seu interesse pela garota é instantâneo, mas o que ele não contava, era que Abby tentaria de todas a maneiras fugir de suas investidas.
Acho que para quem leu "Belo Desastre", toda essa minha lenga lenga já está manjada, mas eu acho o início da amizade dos dois espetacular. Quem não queria ter um amigo gatão assim, não é?!

Com o passar do tempo vamos conhecendo mais sobre o que se passa pela cabecinha conturbada de Travis, sua relação com o pai e os irmãos, a proximidade que ele tem com o irmão Trent, suas crises de ciúmes sem cabimento, e o crescimento de seu sentimento por Abby.
O momento em que ele percebe que finalmente está apaixonado por ela, pra mim foi um dos pontos altos de toda a história. É lindo como o sentimentos deles foi desabrochando com o tempo, e mais bonito ainda é ver a forma como ele tenta melhorar por ela, toda a dificuldade de deixar de ser um bad boy para agradar seu amor.

O que foi aquele jantar de Ação de Graças?! Cara, eu quis pegar Travis no colo só de imaginar as caras que ele fazia enquanto tentava "encenar" sua história com a Abby ...

Não vou me prolongar muito, senão irão rolar altos spoilers e isso não é a minha intenção.
Só digo que, para os amantes de "Belo Desastre", "Desastre Iminente" é leitura OBRIGATÓRIA!

E ai, o que acharam? 

Beijos e até mais ;*